As pizzas que eu comi na Índia

 

A Índia possui uma culinária riquíssima e que realmente faz parte da cultura do país. A diversidade de pratos é incrível. Uma verdadeira viagem gastronômica.

E os sabores? Muitas ervas, especiarias, temperinhos e muita muita pimenta!

Curry, garam masala (combinação de temperos) e cardomomo estão presentes em praticamente todos os pratos.

O cardamomo aliás é como se fosse um tempero coringa na culinária indiana. Pode ser utilizado em receitas de doces, salgados e até em bebidas.

Não é o tipo de tempero que nós estamos acostumados, mas desde que seja com moderação é interessante provar de tudo um pouquinho.

Mas, com o passar dos dias eu já estava um pouco cansado e também enjoado de tanta pimenta e de sabores muito diferentes.

Nunca fui adepto a comidas muito apimentadas e condimentadas. E na Índia não tem como fugir. Mesmo que você peça “No spice”, sem pimenta – ela virá bem apimentada.

Agora, se um indiano disser que a comida é apimentada, será praticamente insuportável de comer.

2017-11-04 11.38.08

E com medo de passar mal e ficar indisposto o resto da viagem eu acabei em alguns dias optando por massas e uma boa pizza. Provei a pizza em vários restaurantes e posso garantir que não saí decepcionado em nenhum deles.

Para não errar, eu escolhia sempre o mesmo sabor, a inconfundível margherita.

Mas é claro que em todos os restaurantes que comi, ela era diferente em tudo. A começar pelo nome no cardápio. Poderia ser margarita, margherita, margoritiens e por aí vai.

Vale lembrar também que as pizzas indianas estão sempre separadas no menu por “vegetarian” e “no-vegeterian”.

2017-11-05 12.30.17

A pizza indiana é muito parecida com a nossa pizza. Ela é servida individualmente, ou seja, para uma pessoa e no tamanho brotinho. Vem com quatro pedaços, seis o oito pedaços pequenos. Algumas vezes até sobravam umas duas ou três fatias.

Os restaurantes indianos costumam preparar os pratos bem rápidos. No caso das pizzas, não demorava mais do que uns 15 minutinhos. Os molho eram preparados na hora e até as ervinhas muitas vezes eram colhidas bem na minha frente, em vasinhos pendurados nas paredes.

2017-11-13 13.22.00

Eu comi a margherita até em uma Pizza Hut de Jaipur. Achei deliciosa e muito mais caprichada que as nossas Pizza’s Hut aqui do Brasil.

Algumas vezes eu chegava para almoçar e tinha que esperar um pouco pois o “pizza man” ainda não havia chegado. E não adiantava pedir para um outro cozinheiro ou chef.

Em muitos restaurantes indianos eles separam o profissional que faz cada tipo de prato. Então você vai encontrar o “chai man”, que faz o chai. O “pasta man”, que só faz as massas e por aí vai.

2017-11-12 13.50.58

Agora, se você quer comer uma legítima pizza indiana, você precisa experimentar o Uttapam. Um estilo de pizza que pode se parecer com uma panqueca aberta. Todas elas com as devidas pimentas, é claro!

2ed0aa157fb2cac4b4fcf49fda15b99c

Na maioria dos restaurantes em que frequentei na Índia os chefs e cozinheiros eram bem atenciosos. Faziam questão de sentar ao meu lado e perguntar o que eu tinha achado do prato, se estava bom, etc.

Aí você já sabe como é um indiano. Do prato eles já engatavam em outro assunto, perguntavam sobre a minha família, mostravam fotos das famílias deles e a conversa sempre ia longe.

A gastronomia na Índia realmente é uma grande viagem.

por Marcos Galinari – http://www.instagram.com/marcosgalinari

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s