Vamos tomar um chai?

Confesso que a primeira vez que provei um chai (pronuncia-se “tchai”) eu achei muito estranho. Dei uns goles e acabei deixando praticamente tudo no copo.

Mas bastou provar o segundo e o terceiro que não parei mais. Não conseguia me ver se o chai um dia sequer na Índia.

Captura de Tela 2018-04-25 às 16.17.43.png

Eu direi que o chai para os indianos está como o chimarrão para os gaúchos. Em todo lugarzinho que imaginar tem alguém preparando e outros tantos com um caminho na mão tomando. Todos os chais são bem parecidos mas nenhum é igual ao outro.

É uma bebida à base de leite e chá preto e aromatizada com uma série de especiarias.

2017-11-04 07.32.18

Cada família e cada vendedor tem a sua própria receita. Depende muito da mistura e combinação de especiarias que cada um coloca. A quantidade de açúcar, de água, cardamomo, gengibre e assim vai. E vai longe! Dizem que existem umas 3.000 combinações de chai!

Captura de Tela 2018-04-25 às 16.15.47.png

Muitas vezes tomar um chai na Índia é abrir mão de limpeza, higiene, copos limpos. Às vezes os copinhos são descartáveis, mas tem muitos deles que são bem parecidos com o nosso copinho americano. Não são tão limpos, mas o negócio é tomar e pronto.

Na Índia o chai é consumido várias vezes ao dia, em casa, no trabalho, na rua.

Captura de Tela 2018-04-25 às 16.19.25.png

Em qualquer lugar da Índia dá para se tomar um chai feitinho na hora. Bem quente, pelando e num copinho bem sujinho de preferência.

A minha teoria é a de que eles saem tão quentes da panela que é praticante impossível alguma bactéria dar o ar da graça por alí.

Captura de Tela 2018-04-25 às 16.28.29.png

Captura de Tela 2018-04-25 às 16.23.35

O chai é uma verdadeira mania nacional. É saboroso, revigorante!

Dá para se tomar uns seis deles por dia tranquilo! O preço do chai nas ruas da Índia é tabelado. 20 rúpias cada um. Isso dá algo em torno de R$ 1,00.

Captura de Tela 2018-04-25 às 16.18.26.png

 

Nas estações de trem dá para encontrar um chai ainda mais barato, por 10 rúpias apenas.

E com certeza se algum dia você for fazer alguma viagem de trem pela Índia “Chai garam chai” é a frase que mais vai ouvir. Os vendedores passam a todo momento gritando sem parar.

2017-11-08 11.05.13

E quem me levou para este “mal caminho do chai”, no bom sentido é claro, foi o Roberto Junho do “Vem Comigo Para a Índia” (www.vemcomigoparaindia.com). Foi ele quem me guiou por diversas cidades do Rajastão e a quem devo essa experiência incrível que levarei com certeza para o resto da minha vida. Gratidão irmão!!

Tomamos muitos chais por lá!

2017-11-06 06.00.32.jpg

As receitas variam de região para região mas é bem comum usarem chá preto, gengibre, cardamomo, canela, cravinho ou pimenta-preta. Em outros pode-se até encontrar  sementes de coentros, cominhos, filamentos de açafrão, folhas de louro, pimenta branca e até sal.

Eu comprei alguns pacotes de masala chai na Índia e trouxe para o Brasil. É claro que não fica igual aos que eu tomava, mas dá para sentir o gostinho e matar aquela saudade!

Que tal arriscar e fazer o seu próprio chai indiano!? Caneta e papel na mão? Vamos lá!

Ingredientes

  • 1 l de água
  • 1 c. de chá de sementes de erva-doce
  • 5 vagens de cardamomo abertas
  • 4 cravinhos
  • 2 paus de canela
  • 1 c. de chá de gengibre em pó
  • 2 folhas de louro
  • 2 xícaras de leite
  • 4 c. de sopa de açúcar
  • 3 c. de chá de folhas de chá preto

Receita

Numa panela, coloque a água, as sementes de erva-doce, o cardamomo, o cravinho, a canela, o gengibre e o louro, e leve ao fogo. Quando começar a ferver, cubra a panela e deixe ferver em fogo brando por uns 10 minutos. Adicione leite e açúcar, e deixe ferver por mais 5 minutos. Apague o fogo, junte as folhas de chá preto e deixe em infusão durante cinco minutos. Passe num coador e sirva quente.

2017-11-05 10.24.25

Se você já tiver o Masala Chai (que já é toda a misturinha), é só colocar a água o açúcar e deixar ferver. O negócio é soltar a imaginação e não ficar com medo de errar! Siga a sua intuição e faça a sua própria alquimia. Quem sabe surge aí a receita número 3.001!

Posso lembrar que praticamente todas as experiências que tive na Índia foram marcadas por um copinho de chai.

Seja para uma pequena pausa de um dia cansativo, no final de uma refeição ou até o início de uma longa viagem de trem. Ele sempre me acompanhou!

Um bom chai para você e até a próxima!

Por Marcos Galinari – http://www.instagram.com/marcosgalinari

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s