Seja a sua melhor companhia

Publicado por
Há um tempo atrás eu descobri que ficar sozinho em casa durante os finais de semana me aborrecia muito.
Me deixava para baixo e eu perdia totalmente minha referência.
Eu procurava me ocupar de alguma maneira para que pudesse estancar aquele sentimento, aquela sensação de vazio e até de desânimo.
Eu ia limpar a casa, organizava meu material de trabalho, ligava a TV em alguma série, ia dar uma volta com os cachorros e quando voltava da rua o sentimento ainda era o mesmo.
Eu não percebia, mas estava apenas criando algumas atividades para preencher o meu tempo naquele momento e nada mais.
Eu não sabia fazer nada que não fosse ligado a minha rotina de trabalho e às coisas que eu já fazia todos os dias.
Era claro que a minha vida ia se repetindo e eu nem me dava conta que já estava ligado no piloto automático.
Com o passar do tempo eu fui descobrindo que me faltava um hobbie.
Algo que não tivesse nada haver com a minha vida profissional ou com as minhas tarefas do dia a dia.
Por um tempo me descobri fan da Marilyn Monroe. Comprei livros, pesquisei filmes, documentários, artigos, fotos e tudo que pudesse contar sobre sua vida.
Algumas pessoas mais próximas que sabiam deste meu interesse começaram a me dar alguns presentinhos também. Quadros, travesseiros, cinzeiros, canecas, tenho de tudo um pouco aqui.
Hoje já deixei essa febre um pouco de lado. Mas confesso que durante um bom tempo isso me fez muito bem. Me distraiu, me motivou e preencheu o meu tempo.
Você não precisa necessariamente ter um mesmo hobbie para o resto da sua vida. Pode ser algo passageiro, uma fase, um pequeno ciclo. Pode ser apenas algo que movimente suas férias, um feriado. E acredite, tudo bem!
O que você responde quando participa de uma entrevista de emprego e te perguntam qual é o seu hobbie?
Sair com seus amigos é o seu hobbie? Você por acaso escolhe aonde que ir ou simplesmente segue o fluxo?
O que você curte? O que te capta?
Através de um hobbie você também começará a se conectar com outras pessoas, que possuem o mesmo interesse que você ou que simplesmente querem saber mais sobre a sua nova mania.
E isso te fará bem.

Se descubra, permita-se.

Tenha alguns momentos somente seus e faça o que lhe dá prazer!

Seja a sua melhor companhia!

Texto e foto por Marcos Galinari, fotógrafo, videomaker e documentarista // https://www.instagram.com/marcosgalinari/

Deixe uma resposta